quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

Mãe do garoto de 4 anos de idade se juntou à facção terrorista na Síria; "vamos matá-los bem ali", diz a criança em vídeo

Mãe do garoto de 4 anos de idade se juntou à facção terrorista na Síria; "vamos matá-los bem ali", diz a criança em vídeo

Reprodução
"Ele é apenas um pequeno garoto", lamenta avô de menino que aparece em novo vídeo do Estado Islâmico
O inglês Sunday Dare, de 59 anos de idade, entrou em desespero ao ver seu neto de apenas quatro anos de idade estrelando o último vídeo divulgado pelo grupo terrorista Estado Islâmico.
Na gravação, na qual cinco homens acusados de espionagem são executados, o garoto aparece com roupas de guerrilha e diz: "Vamos matar os incrédulos bem ali", enquanto aponta para o deserto.
Dare contou ao jornal britânico "The Sun" que sua filha Grace fugiu com o filho para a Síria em 2012 para se casar com um guerreiro sueco da facção terrorista. 
O avô do menino, que vive em Londres, classificou os integrantes do grupo como "monstros que usam crianças como ferramenta de propaganda em execuções brutais". "Ele é apenas um pequeno garoto. Ele não faz ideia do que está dizendo", lamentou Dare.
Em foto publicada em julho, garoto de quatro anos aparece com arma usada por guerreiros do EI
Reprodução
Em foto publicada em julho, garoto de quatro anos aparece com arma usada por guerreiros do EI
O avô do garoto usou a imprensa de Londres para implorar à filha que retorne para casa com o menino. "Grace, volte para casa. Nós te amamos. Você fez isso por si mesma e nos deixou muito mal aqui. Você trouxe vergonha para nossa família".
Grace trocou seu nome por Khadijah assim que se converteu para o islã. Em um documentário feito pelo britânico Canal 4, ela prometeu se tornar a primeira mulher a decapitar um refém pelo Estado Islâmico – promessa que a colocou em posição de destaque entre os guerrilheiros da facção.
No último mês de julho, publicou na internet uma foto de seu filho segurando um rifle em uma zona de guerra na Síria.
O premiê britânico, David Cameron, disse nesta segunda-feira (4) ao jornal "The Guardian" que o Estado Islâmico "será derrotado" e classificou o novo vídeo como "coisa de quem está desesperado". Cameron é alvo de ameaças na gravação.
Premiê britânico, David Cameron, é alvo de ameaças do Estado Islâmico em novo vídeo
Reprodução
Premiê britânico, David Cameron, é alvo de ameaças do Estado Islâmico em novo vídeo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nina Simone - feelings (1976) HQ

Tornar a ver