É Natal!...

                                                                                É Natal!...

Afora a canalhice por negociarem Cristo Jesus...
Mesmo assim, ainda assim, é Natal...

É Natal na Fé e Esperança.
É Natal em toda a desgraça que nos cerca!...

Mas se de uma coisa pudesse eu,
Oh Deus!...

Quem me dera escolher e ter de volta
Poucos amigos que aqui não mais são vistos...

Visto que antes de mim foram tragados pela morte.
Como tanto confundem nesta vida Amor e Amizade,

Fico na imensa saudade de alguns poucos lembrar...
O Zé Rubens, O Elion Jorge, O meu Irmão, - Bebel...

Mas como nesta vida tudo passa...
Até a dor, o amargor, a alegria, a desgraça e cachaça...

Entorpeço-me nestas tardes de dezembro,
Onde o vento da saudade sopra em meu peito,

Com a marca e registro de uma certa tristeza
Ao ver desmaiar o sol enquanto surge o luar...

É Nata!...
Apesar de tanta desgraça neste planeta lindo em cores...

É Natal!...
É Natal nesta tribo primata recheada de crimes e horrores!...

(evangelista da silva)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Padre Fabio de Melo deixa a Batina para se casar e se torna Pastor Metodista

Imagens de crianças com fome no Brasil e no mundo

Médicos que seguem o protocolo do Dr. Cícero / Vitamina D no Brasil