terça-feira, 3 de junho de 2014

A Rosa de Santana



(evangelista da silva)


O sábado amanhecera em flores e cores e amar...
E indo a Feira merquei as flores, vivi o amor e colhi uma Rosa!
Enquanto eu esperava a Princesa do Sertão em carne e Flor!...
Eu imaginava esse encontro em eterna paixão...

E não via a hora de atravessar o Mar da seca...
Para mergulhar em seu corpo doce de mulher!...
Como sempre...
Desde há muito tempo...

Espero-a contente e tenso a sua presença em meus braços,
A soluçar um desejo inesgotável de eterna paixão...
Ai Ana Santa, e minha Rosa, e Flor de Sant'Ana...
Sacana é quem te faz sofrer neste mundo de meu Deus!...

Vem Amor meu!...
Vem!...
Aqui espero nos braços meus
Entre soluços, gemidos e gritos!...

E no silêncio da noite
Sentirão o nosso prazer de Amar...
E despertaremos desejos ofuscados
àqueles casais infelizes...

Por certo irão copiar o nosso gesto dengoso...
Mas nunca nos alcançarão
Em desejo, amor e tesão...
Visto que o nosso amor é desejo infinito de gozar!...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nina Simone - feelings (1976) HQ

Tornar a ver