domingo, 12 de julho de 2015

A Dupla Lucas e Orelha Consagra-se Honradamente Campeã por Excelência

Lucas e Orelha estão confiantes para próxima fase do Superstar: ‘Nossa meta é vencer’
Dupla se apresenta novamente neste domingo no reality. Foto: Reprodução/Facebook
A vida de Lucas Arcanjo e João Henrique Santana, a dupla Lucas e Orelha, deu um giro de 180 graus desde a primeira audição no reality show musical Superstar, da Rede Globo. Acompanhados pela banda, os garotos, de 19 e 17 anos, respectivamente, subiram ao palco no dia 26 de abril e animaram público e jurados com a música autoral “Presságio”, garantindo 86% dos votos, segunda melhor votação da noite, e o “sim” do trio formado por Paulo Ricardo, Sandy e Thiaguinho, escolhido pela dupla como padrinho. Neste domingo (31), Lucas e Orelha voltam a se apresentar no programa e prometem ir com todo gás disputar o “SuperPasse” para a terceira etapa da competição. “A gente não pode dizer o que estamos preparando, mas está muito bom! Vocês e os críticos vão gostar pra caramba! Está diferente, super lindo”, contou Lucas, confiante. Diferente do que muitos pensam, ele e Rick não são irmãos. Amigos de escola, se juntaram há cerca de um ano para gravar uns vídeos e divulgar na internet. Aos poucos, a brincadeira virou coisa séria, e as pessoas começaram a se interessar pelo trabalho que eles faziam. “Conheci o Orelha no colégio, estudávamos juntos. Um dia, resolvi postar um vídeo com ele na internet e a repercussão do público começou a surgir. Conhecemos o Guga (Fernandes, produtor) e ele quis começar uma banda com a gente”, relembra Lucas.

Após a apresentação, Thiaguinho aprovou: "Me vi neles. Gostei muito da música. Tem muito a ver comigo e vocês conseguiram colocar a cara de vocês. Parabéns!". Ouça abaixo "Presságio", canção que levou Lucas e Orelha à segunda fase do Superstar:
Parceiros no trabalho e na vida, a identificação entre Lucas e Rick Orelha foi imediata, especialmente porque ambos têm o mesmo gosto e referências musicais. “Apesar de não sermos irmãos de sangue, a gente se identificou bastante. Parece que já nos conhecíamos há anos, de outras vidas. Somos irmãos de alma”, diz Lucas. Fãs de Anitta, Justin Bieber, Justin Timberlake, Naldo, Projota e Chris Brown, os meninos tentam aliar o que ouvem ao que produzem e, até agora, já são mais de 50 composições. “A gente tenta mesclar essas influências à nossa baianidade e brasilidade. Criamos um estilo próprio, que definimos como funk pop melody”, explica. As preferências, no entanto, não impedem o trânsito da dupla por outros ritmos, um deles, o Axé. "Como a gente mora em Salvador, não tem como não beber dessa fonte. Já nascemos ouvindo. Mas o Axé que a gente faz é um pouco diferente, meio pop, meio melody, meio eletrônico", ressalta Lucas. Inclusive, o próximo álbum do ex-Jammil e Uma Noites, Tuca Fernandes, contará com cinco músicas compostas pelos meninos. "Assim como aconteceu comigo e o Rick, parece que já conhecíamos o Tuca há dez mil anos. Ele se identificou verdadeiramente com a gente, é uma pessoa nota 100 que nos deu uma oportunidade e mostrou o caminho e a direção a seguir. Quando a gente senta e toca é incrível", destaca.

Lucas e Orelha comemoram passagem para segunda fase ao lado da banda. Foto: Fabiano Battaglin / Gshow
Embora não esperassem a repercussão gerada pela participação no Superstar e até tenham duvidado da possibilidade de entrar no reality, Lucas e Orelha não reclamam da nova fase, só desfrutam. " Não sabíamos se tínhamos chance. Foi uma surpresa, porque a gente não esperava que os três jurados gostassem do nosso estilo, principalmente o Paulo Ricardo que é do rock, mas que foi o primeiro a apertar o botão. Também não sabíamos que o poder da emissora e do programa eram tão grandes assim. Nossa vida mudou da água para o vinho. A gente sai na rua e as pessoas já reconhecem de cara. Estamos gostando demais de ver que nosso sonho está sendo realizado. É uma coisa muito gostosa", enfatiza. Os meninos, que superaram bandas com mais tempo de estrada e experiência, não acreditam que a pouca idade traga vantagem na disputa. "Se somos novos ou não, não importa. Cada um tem que chegar lá, mostrar seu trabalho, sua verdade, o que é e o que é capaz de fazer", pontua. Apesar de felizes e satisfeitos com a experiência e a oportunidade proporcionadas pelo Superstar, Lucas e Orelha querem avançar ainda mais na disputa e na carreira. "O programa nos ensinou muita coisa. Tem muita gente boa e estamos muitos felizes. Esperamos ser aprovados para a próxima fase e mostrar nossa musicalidade para o Brasil e o mundo. Nossa meta é vencer e com fé em Deus vai dar tudo certo", torce Lucas.

Assista ao clipe de "Não Vou Esperar", de Lucas e Orelha:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nina Simone - feelings (1976) HQ

Tornar a ver