quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

A Cultura Não é Vossa Amiga - , Terence Mckenna

"O que é a civilização são 6 mil milhões de pessoas a tentarem ser felizes ao trepar para os ombros dos outros e a pontapear os dentes dos outros para dentro. Não é uma situação agradável e no entanto podemos dar um passo atrás e olhar para este planeta e ver que temos o dinheiro, o poder, os conhecimentos médicos, o conhecimento científico, o amor e a comunidade, para produzir uma espécie de paraíso humano. Mas somos liderados pelos menores entre nós. Os menos inteligentes, os menos nobres, os menos visionários, somos liderados pelos menores entre nós. E nós não lutamos contra os valores desumanizantes que nos são entregues como ícones de controlo. Isto é algo que... não quero realmente entrar por aí, pois é uma palestra em si. Mas... a cultura não é vossa amiga! A cultura é para a conveniência de outras pessoas e para a conveniência de várias instituições, igrejas, empresas, esquemas de recolha de impostos, e por aí fora. Não é vossa amiga, insulta-vos, incapacita-vos, usa e abusa de vós. Nenhum de nós somos bem tratados pela cultura e no entanto glorificamo-nos com o potencial criativo do indivíduo, os direitos do indivíduo, nós compreendemos a presença sentida da experiência como sendo o mais importante. Mas a cultura é uma perversão. Fetichiza objectos, cria histeria de consumo, prega infindáveis fontes de falsa felicidade, infindáveis formas de falsa compreensão na forma de religiões mesquinhas e cultos ridículos. Convida as pessoas a diminuírem-se a si próprias e a desumanizarem-se ao comportarem-se como máquinas: processadores de memes que vos foram passados de Madison Avenue e Hollywood e por aí fora. Como lutamos contra isso? É uma pergunta que merece resposta. Eu penso que pela criação de arte! Arte! O ser humano não foi colocado neste planeta para labutar na lama. Ou o deus que nos pôs aqui para labutar na lama é um deus com o qual eu não quero ter alguma coisa a ver é uma espécie de demónio gnóstico. É uma espécie de demiurgo canibal que devia ser fortemente renunciado e rejeitado! Ao pôr o pé na tábua da criação artística nós maximizamos a nossa humanidade e tornamo-nos muito mais necessários e incompreensíveis para as máquinas." ~Terence Mckenna, Seattle 1999 (a sua última aparição pública antes de adoecer súbitamente e falecer em Abril de 2000)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Juiz determina que urinar em vias pública não é crime

Juiz determina que urinar em vias pública não é crime Jornal do Brasil Em fevereiro a prefeitura do Rio, atravé...

Tornar a ver