Sexo oral: saiba o que fazer e como fazer

Curso voltado para o Dia dos Namorados contou com participação de três especialistas que deram dicas e ensinaram exercícios para melhorar a prática das mulheres


Da Redação
(redacao@portalibahia.com.br)
publicidade
Mão na virilha, massagem, sussurros no ouvido, olhos nos olhos. Esse é o primeiro passo para começar um sexo oral inesquecível. A boca só entra em cena na segunda parte, quando o clima já estiver quente. E nada de ir com muita sede ao pote. Comece pela parte de cima do pênis, fazendo movimentos circulares, e, aos poucos, vá descendo. Não esqueça de usar a língua: ela deve estar sempre úmida e em movimento.

E não é porque o sexo é oral que as mãos vão ficar de lado. Elas fazem parte de todo o processo e ajudam muito na hora de dar prazer ao parceiro. Além do pênis, elas podem estimular também testículos, virilha, parte e interna da coxa e - por que não? - ânus.

Ele ejaculou? Pode engolir o esperma. "É rico em vitamina C e colágeno", explica a sexóloga Karla Kalil, uma das responsáveis pelo curso de sexo oral promovido pela empresa Mundo da Intimidade na última quinta-feira (5). O evento recebeu cerca de 50 alunas que aprenderam sobre os pontos mais sensíveis do pênis e receberam dicas para manuseá-lo. "Só conhecendo as terminações nervosas e algumas técnicas você tem condições de oferecer prazer", explica a enfermeira da área de reprodução que ficou responsável pela parte prática.

O curso foi idealizado pela jornalista e educadora sexual Aline Castelo Branco, que trabalha com sexualidade há cinco anos. "O curso foi criticado por algumas pessoas que acham que ninguém precisa de aula para saber sexo oral. Mas é preciso aprender, sim", diz. Para montar o curso, ela buscou orientações de médicos de diferentes especialidades, como ginecologista, urologista e sexóloga, além, claro, de homens. "Conversamos com alguns para saber o que eles gostam mais", explica Aline.

Esteja preparada!
Não basta saber o que fazer. As mulheres que quiserem nota 10 no sexo oral também precisam ter controle sobre os músculos envolvidos no ato. Para isso, o fonoaudiólogo Ivan Alexandre ensinou alguns exercícios para fortalecer lábios e língua. Confira alguns:

Exercícios para os lábios: faça bico e sorria exageradamente, alternando os movimentos
Junte os lábios e faça movimentos para a direita e para a esquerdaFaça "boca de peixe" e mexa os lábios

Exercícios para a língua: gire a ponta da língua em torno dos lábios. Gire a língua dentro da boca em torno dos dentes. Movimente a língua como se estivesse "varrendo" o céu da boca

Cada exercício deve ser repetido de 8 a 15 vezes. E não é preciso separar uma grande parte do dia para a prática, que pode ser feita, por exemplo, durante o banho ou no trânsito. "O importante é trabalhar bem a musculatura da região. Além de ajudar no sexo oral, os exercícios também evitam o aparecimento de rugas", diz Alexandre.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Padre Fabio de Melo deixa a Batina para se casar e se torna Pastor Metodista

Imagens de crianças com fome no Brasil e no mundo

Médicos que seguem o protocolo do Dr. Cícero / Vitamina D no Brasil