Hemodiálise do HC fechada para reforma

Conteúdo extra:Galeria de fotos



O POPULAR (GO)
Pacientes serão encaminhados para outros serviços credenciados pela Secretaria Municipal de Saúde
O serviço de hemodiálise do Hospital das Clínicas (HC) da Universidade Federal de Goiás (UFG) será temporariamente suspenso para que as instalações sejam reformadas. A unidade atende 102 doentes renais crônicos, que serão encaminhados para outros serviços credenciados pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS), gestora do sistema de saúde em Goiânia. A data do início da reforma dependerá da transferência dos pacientes para outros serviços. A reforma está orçada em R$ 12 mil e será feita com recursos próprios do hospital.
O trabalho inclui a substituição do reservatório de água, ajuste das bombas elétricas e troca do termostato e do piso do local onde fica o tanque. A desativação provisória do serviço preocupa o representante de Goiás na Federação das Associações de Renais Crônicos e Transplantados do Brasil, Wanderly Mendes de Souza. Segundo ele, o problema está no cumprimento do cronograma de obras.
O diretor-geral do HC, José Abel Ximenes, acredita que a reforma dure cerca de uma semana. Conforme explica, o novo tanque já está no hospital. Para instalá-lo, diz, será preciso derrubar parte de uma parede para a passagem do reservatório. Com a reforma, afirma, espera-se eliminar qualquer risco de contaminação da água, a exemplo do que ocorreu em agosto, quando pelo menos oito pacientes passaram mal após fazer a hemodiálise no local. Segundo o diretor do HC , a água foi contaminada devido a uma falha no automático do tanque, que controla o nível da água, o que já foi resolvido.
Transferência
A diretoria do HC está fazendo contato com o Hospital Geral de Goiânia (HGG), que está montando o serviço de hemodiálise, para saber se a unidade pode receber os pacientes. José Abel Ximenes afirma que já foi feito contato com o secretário estadual de Saúde, Fernando Cupertino, que acredita que o serviço do HGG estará apto a funcionar ainda esta semana.
O diretor-técnico do HGG, Luciano Leão Bernardino da Costa, explica que o hospital adquiriu os insumos e equipamentos necessários para o serviço de hemodiálise, restando apenas solucionar um problema de condutividade aumentada na água. Uma nova análise da água será feita na quinta-feira para verificar a situação.
Hoje, será realizada uma reunião no serviço de hemodiálise do HC para discutir a transferência dos pacientes. O hospital fará um levantamento das vagas de hemodiálise para verificar quais serviços podem atender os pacientes do HC, caso o HGG não possa absorver toda a demanda. A hemodiálise do HC conta com 16 máquinas e três turnos de tratamento.
Wanderly Mendes de Souza afirma que não foi registrado nenhum caso recente de problemas com a hemodiálise do HC, além dos divulgados pela imprensa. O serviço está funcionando normalmente. Ele pondera que a preocupação dos pacientes é com a possibilidade de atraso na reforma que, na sua opinião, não será possível ser finalizada em uma semana. Wanderly também questiona o fato do HC não ter consultado os pacientes sobre a transferência da hemodiálise para outras unidades de saúde. No domingo, a Federação das Associações dos Renais Crônicos em uma reunião no domingo fará uma reunião para discutir a reforma.
Segundo a assessoria de imprensa da SMS, duas clínicas, com capacidade para atender 120 pacientes na hemodiálise, estão sendo credenciadas para o serviço. De acordo com a secretaria, o encaminhamento dos pacientes da hemodiálise do HC será feito pela central de vagas do órgão, que comunicará ao hospital o destino dos pacientes para que estes sejam avisados. A assessoria lembra ainda que, caso a hemodiálise do HGG esteja apta a funcionar, a unidade tem prioridade no recebimento dos pacientes do HC por se tratar de hospital público.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Padre Fabio de Melo deixa a Batina para se casar e se torna Pastor Metodista

Imagens de crianças com fome no Brasil e no mundo

Médicos que seguem o protocolo do Dr. Cícero / Vitamina D no Brasil