sábado, 25 de junho de 2011

Apelos do Meu Coração



Sonhei acordada,
Senti seu cheiro em plena madrugada,
Acordei a noite chamei seu nome
Fiquei desesperada.

Não te encontrei,
Sai sem rumo,
Precisava te ver,
Quase morri de ciúmes, ao encontrar-te nos braços de outra pessoa,
Perdi a compostura,
Gritei-te amo no meio da rua,
Cheguei em casa,
Beijei seu retrato com ternura.

Feito uma boba falei sozinha,
Chamei seu nome,
Tudo em vão!
Você não atendeu os apelos do meu coração.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dennis Nilsen, o necrófilo escocês

  7 de julho de 2016 Dennis Nilsen, o necrófilo escocês Por   Henrique Saibro   e   Bernardo de Azevedo e Souza Por Berna...

Tornar a ver