domingo, 18 de setembro de 2016

O Silêncio adormecido

                                                                                         

O Silêncio adormecido

O Silêncio Pois... afinal o silêncio adormecido no regalo da madrugada também amanhece, ainda sonolento, arregala os olhos e infiltra-se no calor do dia, manhoso, ele desafia a vida, e inerente àquela imensidão, ele grita! Ana Elizabeth Baade

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Conheça um pouco do nosso cérebr...

Tornar a ver