quarta-feira, 28 de setembro de 2011

LIBERTE-SE DO PASSADO - I http://clubedaluluzinha1.blogspot.com

Liberte-se do Passado I



*
Para que você se liberte de seu passado é preciso que tome consciência de que ninguém na Terra está seguro de nada e que todos temos limitações.
Seu passado não deve ser seu entrave.
Considere que seus equívocos, assim como os limites que a vida lhe impôs, são motivos para que você
cresça em busca de felicidade.
As pessoas que porventura lhe tenham magoado devem ser colocadas à conta de auxiliares do seu processo de crescimento e de busca de felicidade.
Elas, em si, não representam ameaça nem são culpadas.
São ou foram apenas instrumentos úteis para que você se conhecesse mais.
O que elas fizeram ou fazem a você, e que lhe incomoda, deve ser analisado como algo que lhe permite conectar-se ao que em você ainda não está resolvido.
Com elas você não pode perder a oportunidade de descobrir seu mundo inconsciente, identificando os conteúdos que favorecem a ocorrência de situações de sofrimento a fim de solucioná-las.
Não deixe que o ódio ou a mágoa lhe impeça de ser feliz.
Esses dois são poderosos empecilhos ao amor e à paz.
A felicidade passa pelo coração sem mágoas.
Lembre-se de que tudo aquilo que você debita ao outro como culpa pelo seu sofrimento aponta para algo em você que ainda não se resolveu.
*
Texto do Livro Felicidade sem Culpa de Adenáuer Novaes
*

Nenhum comentário:

Postar um comentário

JORGE DONN - Bolero de Ravel