quarta-feira, 28 de setembro de 2011

SEM SONHO A VIDA NÃO TEM BRILHO - http://clubedaluluzinha1.blogspot.com

Sem Sonhos a Vida não tem Brilho



Sheila Wolk - fairies fan art
*
Um dia você foi inscrito para participar do maior concurso do mundo, da maior corrida de todos os tempos. Acredite, você estava lá!
Eram mais de quarenta milhões de concorrentes.
Pense nesse número.
Todos tinham potencial para vencer e só um venceria.
Será que você era mais um número na multidão ou tinha algo especial?
Analise quais seriam as suas chances.
Zero, zero, zero, zero, zero, zero, zero, zero, quatro (0,000.000.04).
Você nunca foi tão próximo de zero.
Suas chances eram quase inexistentes.
Tinha tudo para ser mais um derrotado, tinha todos os motivos para ser um grande perdedor.
Qualquer um acharia loucura participar dessa corrida.
Mas você participou e ainda achava que iria vencer.
Talvez fosse melhor desistir e se conformar com a derrota.
Mas você era o ser mais teimoso do mundo, sua garra era incrível.
Por isso jamais admitiu recuar.
A palavra desistir não fazia parte do seu dicionário genético.
Por quê?
Porque, se perdesse essa corrida, perderia o maior prêmio da História.
Qual?
A VIDA
Que disputa era essa?
A disputa do espermatozóide para fecundar o óvulo.
A corrida pelo direito de formar uma vida.
Talvez você nunca tenha imaginado, mas já participou da mais excitante e perigosa aventura da existência. Seria mil vezes mais fácil vencer as eleições para presidente de seu país.
É incrível, mas você venceu!
Como você conseguiu?
Seria também mais fácil ganhar dezenas de prêmios de melhor ator ou atriz.
Você foi surpreendente!
Sinto-me honrado em tê-lo como leitor.
Mas cada ser humano não foi um vencedor?
Sim!
Contudo, esta é a sua biografia.
Somente alguém com uma força descomunal como a sua poderia vencer uma corrida com milhões de
concorrentes pisoteando-o, pressionando-o, ultrapassando-o.
Contudo, hoje, os tempos mudaram.
Se alguém pisa no seu pé, você perde a paciência.
Se alguém o pressiona ou o critica, você se estressa e desespera.
E se alguns concorrentes estão à sua frente, você desanima e tem insônia.
Volte a suas origens!
Naquela época nada o abalava.
Quem o controlava era o sonho de estar vivo, não os seus problemas ou seus concorrentes.
Você foi um grande sonhador.
Sonhou sem ter capacidade de sonhar.
Sonhou, através do seu programa genético, com o espetáculo da vida.
O que você pensou na grande corrida?
Nada!
Você ainda não pensava.
O passo mais importante da vida foi dado na ausência das idéias.
Você agiu antes de pensar.
Entretanto, hoje você deve pensar antes de agir.
Quem reage sem pensar atira sem pontaria.
Sem sonhos, a vida não tem brilho.
Sem metas, os sonhos não têm alicerces.
Sem prioridades, os sonhos não se tornam reais.
Sonhe, trace metas, estabeleça prioridades e corra riscos para executar seus sonhos.
Melhor é errar por tentar do que errar por se omitir!
Não tenha medo dos tropeços da jornada.
Não se esqueça de que você, ainda que incompleto, foi o maior aventureiro da História.
*
Por isso, NÃO DESISTA DE SEUS SONHOS
*
Texto do Livro Não Desista de seus Sonhos de Augusto Cury
*
Sheila Wolk - fairies fan art

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para Aldo Fornazieri, 'convulsão social já está ocorrendo'

Crise Na opinião de professor de Filosofia Política, "Temer está dando uma aula de como os profissionais de uma quadrilha reagem co...

Tornar a ver