quarta-feira, 28 de setembro de 2011

LIBERTE-SE DO PASSADO - II http://clubedaluluzinha1.blogspot.com

Liberte-se do Passado II

*
Quando a angústia atingi-lo, trazendo-lhe tristeza e melancolia, é preciso se lembrar do significado que ela representa.
É preciso perceber que a angústia que muitas vezes nos acomete a alma advém da saudade de algo indefinido.
Essa saudade que se transforma em angústia é a falta de confiança acrescida da incerteza quanto ao próprio futuro.
Sentimos saudade de algo ou alguém que não sabemos onde, quando ou se ao menos vamos um dia encontrar.
Sentir saudade, chorar por alguém que não podemos sentir próximo, nos torna seres emocionalmente vinculados ao coração da pessoa querida.
Isso, sem o desespero ou a posse, faz bem à alma.
É bom sentir saudade e se lembrar de pessoas que fizeram parte de nosso passado e que estejam momentaneamente longe de nós.
Pelas portas do coração não existem distâncias.
No fio da saudade passa a energia do amor que conecta corações que se amam.
Porém, não permaneça muito tempo na energia da saudade.
Ela pode viciar e lhe levar a ficar preso ao passado.
Com a energia da saudade faça uma oração em favor da pessoa com quem você fez a conexão emocional.
Para se libertar do passado é preciso ter consciência de que ele não precisa necessariamente ser esquecido, mas ressignificado.
Não tente esquecê-lo, mas lembrar dele como uma experiência que se teve; seja ela boa ou ruim.
Quando boa, deve ser lembrada com alegria.
Quando ruim, deve ser lembrada como aquela que lhe ensinou algo.
Não se culpe pelo que fez no passado ou pelo que faz no presente.
Se fez, está feito.
Se ainda faz, não faça mais e assuma as conseqüências por isso.
Lembre-se de que os erros cometidos são lições aprendidas.
***
Texto do Livro Felicidade sem Culpa de Adenáuer Novaes
*

Nenhum comentário:

Postar um comentário