sábado, 17 de junho de 2017

Desconstrução e Desumanização do Amor...







A imagem pode conter: céu, nuvem, atividades ao ar livre e natureza
Desconstrução e Desumanização do Amor...


(evangelista da silva)


E foi assim:


Ela chegou até mim como quem ama...
A vomitar ternura, carinho, e paixão, e
Nunca demonstrara seu lado avesso à razão...


O tempo passou...


Juro que eu sabia do futuro do presente!...
Após a flor embriagar-me ao som do perfume...
E entorpecer-me ao cheiro de um falso amar...


A Desconstrução...


Ela... como quem mata... não mais finge...
Cria eternos conflitos a anular-me,
- Tamanha humilhação!...


A Desumanização...


Traiu-me à luz do sol...
Aplicou-me punhaladas no coração...
Imperando que da sua vida eu saísse...


O Amor...


Se me fui como se me cheguei...
Só!... Tão só como um cachorro ao abandono...
Usou-me até o homicídio consumado.


Desconstrução e Desumanização do Amor...


Cidade da Palmeiras, 17 de junho de 2017.
14h 08min.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para Aldo Fornazieri, 'convulsão social já está ocorrendo'

Crise Na opinião de professor de Filosofia Política, "Temer está dando uma aula de como os profissionais de uma quadrilha reagem co...

Tornar a ver