segunda-feira, 18 de abril de 2011

ABC da SaúdePortal direcionado ao público em geral que tem por objetivo a informação, divulgação e educação sobre temas de saúde com mais de 750 artigos escritos exclusivamente por mais de 30 especialistas. Audiência: 29 milhões de visitas em 2010.
Newsletter ABC da Saúde
Cadastre seu e-mail : Ok Quem somosEspecialidadesProfissionaisDieta do MediterrâneoCartão de BenefíciosTwitterRSS

Pesquisa por ordem alfabética:
ABCDEFGHIJKLMNOPQRSTUVWXYZAcesso Rápido
Homem

Mulher
Criança

Pele
Sexo

Comportamento
Cirurgia Plástica

Coração
Câncer

Dentes
Reumatismo

Infecções
Imprimir Compartilhar


DESMAIO / SÍNCOPE
O que é?
Perda breve e repentina da consciência, geralmente com rápida recuperação, pode ser devido a múltiplas causas, desde um simples susto (ansiedade, tensão emocional) até um quadro encefalítico.
Existe prevalência elevada em pessoas de idade.
Quais as causas para que ocorra um desmaio?
As causas podem ser:

doença cérebro-vascular, convulsões
de origem cardíaca, tais como: arritmias, doença cardíaca estrutural ou isquêmica
embolia pulmonar, hipertensão pulmonar
metabólicas, tais como hipoglicemias, intoxicações
neurogênica/vascular, como hipotensão postural, síncope situacional ou vasodepressora
infecciosas
psicogênicas
desconhecidas, ao redor de 40%

O que se sente?

Náuseas
tonturas
suor moderado ou abundante
palidez
visão borrada, acinzentada
perda da consciência.

Como se faz o diagnóstico?
História clínica, exame clínico e neurológico são necessários para equacionar corretamente o episódio de inconsciência. São necessários, quando pertinente, diversos exames que vão desde um simples hemograma e dosagens de glicose até uma ressonância magnética. Casos mais graves, especialmente doenças de origem cardíaca, requerem uma atenção maior.
Enquanto o paciente estiver desmaiado deve ser acomodado deitado, a cabeça sem angulações e as pernas elevadas.
Prevenção
Existem algumas medidas para evitar a possibilidade de desmaiar:

Se você acha que vai desmaiar, procure deitar-se com as pernas mais elevadas que a cabeça.
Se não for possível deitar-se, sente-se e baixe a cabeça até o nível dos joelhos. Este procedimento aumenta o fluxo de sangue para seu cérebro.
Procure não se levantar bruscamente, faça-o lentamente, para que sua freqüência cardíaca e pressão sangüínea tenham mais tempo para se ajustar à posição vertical.
Se você começou a tomar alguma medicação nova e acha que seu desmaio foi ocasionado pela medicação, procure seu médico, pois pode ser necessário ajustar a dosagem.
Em épocas de altas temperaturas, como verão, passar por muito calor e umidade, ter sensação de abafamento, ingerir pouco líquido, ficar em pé por um longo tempo, fazer exercícios e desidratar-se são condições propícias para ocorrer um desmaio.

Prognóstico
O prognóstico em geral é favorável.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

CHARLES AZNAVOUR AVE MARIA