terça-feira, 17 de janeiro de 2012

COITADINHA... A TV GLOBO ESTÁ OFERECENDO ÁLCOOL PARA MENORES DE 13 ANOS. DAÍ O ESTUPRO DE VULNERÁVEL!...

Hipocrisia no BBB: entre o amor e a infração

ESSE É UM PROGRAMA FEITO DOS EXCESSOS - DE SILICONE, DE CORPOS SEMINUS OU ATÉ NUS, CERVEJA, ÁLCOOL. SEXO COMO COMMODITY; O ÁLCOOL ESTÁ LÁ PRA TURBINAR AS RELAÇÕES

17 de Janeiro de 2012 às 13:42

Diego Iraheta

A TV Globo deu um show de hipocrisia na noite desta segunda-feira, 16. Ao invés de esclarecer a expulsão de Daniel, suspeito de estuprar Monique, Pedro Bial criou um mistério para aqueles telespectadores que, sem acesso às redes ou ao pay-per-view, não souberam do que aconteceu após a festa de sábado à noite no BBB. O apresentador do programa simplesmente informou ao público que a produção do BBB estava analisando "criteriosamente" o comportamento de Daniel desde a manhã de domingo. E, por ter cometido "infração" nas regras do Big Brother, o modelo acabou sendo expulso.
Que infração foi essa, Bial? No domingo à noite, o apresentador resumia a suspeita de estupro com a frase "o amor é lindo". Por que usar eufemismos para lidar com um caso de polícia? Se policiais baixaram no Projac para investigar um possível crime, é porque o assunto é sério. Por que então não aproveitar o gancho para debater o "estupro de vulnerável"? Quantas mulheres brasileiras já não viveram uma situação em que, por terem bebido além da conta, podem ter sido abusadas?
Por que ignorar o tema? Ontem, com amor, e hoje, com "infração"?!
Não se trata de reconhecer que houve estupro. Até porque isso é a polícia que vai dizer. E se a suposta vítima - a Monique - quiser registrar ocorrência.
O fato é que, se a Globo e Bial fizessem um mea-culpa, admitiriam a tese que o 247 defendeu há mais de uma semana - a de que começava mais um Big Bacanal do Bial.
Esse é um programa que é feito na medida certa. Na medida certa dos excessos - de silicone, de corpos seminus ou até nus, cerveja, álcool. E na medida certa da escassez de camas. É um programa do programa. Sexo como commodity. O álcool está lá pra turbinar as relações.
A produção do BBB só não contava com a possibilidade de que, dentre esses excessos, abre-se precedente para abuso. Para o "estupro de vulnerável", sobre o qual a polícia falou tanto hoje.
Até parece que a TV Globo, guardiã da conduta adequada, cidadã e altruísta, admitiria publicamente que o tipo de programa que ela transmite incentiva sexo e abre precedente para abusos e estupros!
Um big FAIL para o Big Brother. Decepcionou, Bial!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para Aldo Fornazieri, 'convulsão social já está ocorrendo'

Crise Na opinião de professor de Filosofia Política, "Temer está dando uma aula de como os profissionais de uma quadrilha reagem co...

Tornar a ver